O seguro viagem para a Europa garante atendimento médico para os imigrantes e, por isso, ele é obrigatório em todos os países do Tratado de Schengen. Isso inclui boa parte do continente europeu e outros países nas proximidades.

Por isso, é muito importante se planejar antes de viajar caso você esteja indo para a Europa. E, para isso, saber qual é o preço de um seguro viagem internacional e como economizar com o contrato também é essencial.

Neste artigo, vamos tratar justamente sobre esse assunto e discutir os valores de um seguro viagem internacional, as coberturas necessárias para ingressar nos países do acordo e porque é necessário fazer uma cotação.

Qual o preço de um seguro viagem para a Europa?

Um seguro viagem para a Europa pode custar, para cada dia de viagem, entre R$10,00 e R$30,00. Claro que esse preço varia de acordo com a duração da sua viagem, as coberturas adicionais e a seguradora contratada.

Por isso, é essencial saber se planejar com antecedência e escolher um plano com um bom custo-benefício para você, de acordo com o perfil da sua viagem e as suas necessidades com ela.

Uma das formas de fazer isso é através da cotação e comparação de preço. A outra, é conhecendo os valores ideias de coberturas e o que é mais necessário incluir no seu pacote. Veja, a seguir, algumas dicas de como fazer isso.

Quais coberturas devem constar no contrato e como economizar com o seguro?

Antes de decidir qualquer plano, você precisa conhecer as coberturas que devem constar em qualquer contrato de seguro viagem para a Europa. Nesse caso, os países do Tratado de Schengen sempre dão prioridade para a assistência médica.

Por isso, para viajar para a Europa, é preciso ter uma cobertura de, no mínimo, 30 mil euros em assistência médica. Pode parecer muito, mas esse é o valor de uma consulta simples em qualquer país europeu.

Ou seja, se você quer economizar de verdade com o seguro viagem para a Europa, a melhor escolha é contratar um plano de, no mínimo, 45 mil euros em assistência médica e hospitalar.

Afinal, imagine sofrer um acidente em que seria necessário realizar uma série de exames, uma possível cirurgia e ainda comprar os medicamentos. O seguro viagem é um investimento para que você tenha tranquilidade financeira durante um imprevisto.

Por isso, se você estiver viajando para a Europa, pense nas seguintes coberturas como prioridade:

  • Assistência médica, odontológica e hospitalar;
  • Assistência farmacêutica;
  • Cobertura de doenças crônicas ou preexistentes;
  • Auxílio médico para grávidas e idosos;
  • Auxílio médico para acidentes em esportes radicais;
  • Translado médico;
  • Translado de corpo;
  • Invalidez total ou parcial por acidente;
  • Morte acidental.

Alguns planos de cartão de crédito oferecem um serviço de seguro viagem para a Europa já incluso na anuidade. Mas, cuidado! Muitas vezes a cobertura não ultrapassa os 30 mil euros, o que pode não valer a pena, principalmente em viagens mais longas.

Como fazer uma cotação de seguro viagem para a Europa?

Fazer uma cotação é muito importante, principalmente quando se trata de um país que exige uma cobertura específica em seu plano, como é o caso da maioria dos países europeus.

Por isso, não deixe de acessar um site de comparação – existem diversos sites disponíveis na internet –, preencher os campos que dizem respeito à sua viagem e comparar todos os planos com coberturas acima de 30 mil euros.

Portanto, se você quer economizar com o seguro viagem para a Europa, não deixe de cotar o seu plano antes de contratar. Assim, você garante uma viagem mais tranquila.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here